Passos em Expansão, a Oca na Comunidade

SOBRE

“Passos de expansão, a Oca na Comunidade” visa ampliar e aprofundar o trabalho desenvolvido pela OCA nos últimos anos, conferindo à instituição, aos educadores, aos funcionários e ao público atendido pelo serviço de convivência, mais recursos para expansão e aprimoramento das atividades culturais e artísticas – tão importantes para formação das crianças e adolescentes da comunidade.

O público-alvo do projeto é de crianças e adolescentes entre 6 e 18 anos, moradores do entorno do patrimônio histórico Aldeia de Carapicuíba e alunos das escolas públicas Estaduais Esmeralda Becker Freire de Carvalho e Professor Adalberto Mecca Sampaio. Contempla os bairros Jardim Colonial, Jardim Marilu, Jardim Lice, Jardim Leonor, Vila Helena, Parque Santa Tereza e Chácara Quiriri, localidades que apresentam poucos equipamentos culturais e de lazer.

O projeto Passos em Expansão é contemplado pelo Edital de Chamamento Público nº 004/CMDCA 2019


O QUE REALIZAMOS

JUNHO 2022

OCA na Esmeralda Becker Freire de Carvalho

Em junho, continuamos o estudo da dança do Coco de Roda, o 5º ano A foi a turma escolhida para fazer uma apresentação, representando o nosso trabalho com o coco de roda durante o semestre, que foi apresentado na festa junina da escola.

OCA na Prof. Mecca Sampaio

No mês de junho, além do repertório de música, dança e brincadeiras, introduzimos conhecimentos e reflexões sobre a Festa de São João e preparamos uma coreografia com uma das turmas do 5º ano.

Oficina de Rabeca

No mês de junho o projeto da Rabeca foi pautado na prática de repertório musical para a Festa de São João, o que incluiu diversos cocos.

Capacitação para a equipe de educadores

Dentro da proposta mensal de formação da equipe de educadores da Oca, implementamos nas reuniões semanais a participação da equipe, com o intuito de trazer contribuições relacionadas às suas pesquisas e práticas educativas dentro e fora da Oca:

  • Fernando Altenfelder: Música Popular na Educação;
  • Kelly Silva: Cultura negra e a dança na educação;
  • Lúcio Rosa: Saúde Integral

MAIO 2022

OCA na Esmeralda Becker Freire de Carvalho

Todas as sextas, dois grupos formados por 1 educador(a), 1 assistente pedagógica e 1 monitor(a), atendem os alunos de Fundamental I e II para vivenciarem no espaço da escola a dança e as brincadeiras, acompanhadas dos seus professores regulares. 

Em maio, demos continuidade ao estudo do Coco de Roda, histórico, concepção de dança e música com o intuito, também, de inserir essa manifestação na festa junina da escola. Desenvolvendo o seguinte repertório:

• Alongamento do corpo com o ritmo do ijexá e do maracatu;
• Conversa sobre o Coco de Roda;
• Aprofundamento com o 5º ano iniciamos sobre o estudo do coco de roda propondo aos alunos uma apresentação na festa junina da escola;
• Construção de uma coreografia a ser apresentada na festa junina da escola;
• brincadeiras como Rouba Bandeira, Garrafão e o jogo “Jenga”.

OCA na Prof. Mecca Sampaio

Em maio, iniciamos com o objetivo de garantir o direito de brincar, garantindo também o direito da criança interagir com o mundo a partir da riqueza presente no repertório da cultura da Infância e da cultura popular; sustentar um espaço acolhedor para o desenvolvimento integral das crianças; ampliar o repertório de brincadeiras e jogos dos alunos da escola; dar voz possibilitando aprendizados pautados no prazer e alegria e contribuir para a minimização da violência no espaço escolar.

As atividades serão realizadas as quartas-feiras, com os estudantes do Fundamental II. Desenvolvemos o seguinte repertório:

• Escuta dos alunos em seus desejos e interesses;
• Ampliar o repertório de brincadeiras e jogos;
• Possibilitar a expressão livre do corpo através do repertório de brincadeiras da cultura da infância;
• Levantamento das brincadeiras e jogos favoritos de cada um;
• Brincadeiras realizadas: Pare Bola, 1, 2, 3; queimada “abalou do meio”; peteca; bobinho (com o pé); dama; jenga, 150 com muito carinho, vôlei, corda (mamãe mandou buscar areia, salada saladinha, um homem bateu, açúcar refinado, suco gelado, suco quente).

Oficina de Rabeca

O mês de maio foi dedicado ao planejamento musical da festa de São João da Oca, na qual a Rabeca estará presente intensamente costurando as diversas ações do dia.

• Introdução do repertório de Coco com o objetivo de compor a Festa de São João, que ocorrerá no dia 18 de junho;
• Apresentação do coco com a rabeca.
• Prática do repertório para a Festa de São João, com acompanhamento da Rabeca.

Capacitação para a equipe de educadores

No dia 06 de maio ocorreu o encontro de formação da equipe que contou com uma plenária para apresentação do Planejamento Estratégico pela equipe gestora e apresentação e criação dos Planos de desenvolvimento individual, assim como a discussão sobre melhorias nas dinâmicas internas de trabalho. Um dos resultados desta formação foi o replanejamento das reuniões semanais de equipe:

  • 30 minutos para as questões de quotidiano e avisos gerais;
  • 1 vez por mês encontro entre os núcleos;
  • 1 vez por mês um núcleo compartilhar o desenvolvimento do trabalho;
  • Com o propósito de mais troca e integração do grupo, desenhar um calendário de chegança (a cada semana uma pessoa da equipe propõe uma atividade de abertura do encontro(uma leitura, uma música, uma brincadeira);
  • Fechar cada encontro com uma leitura relacionada aos pilares do trabalho da Oca, pautado nos autores que a influenciaram a Peo e nos textos e reflexões produzidos por ela;
  • Na primeira segunda de cada mês, com a participação da psicóloga Irene, falar sobre os alunos;
  • Na proximidade das festas, utilizar o espaço da reunião para o trabalho coletivo na produção do cenário e indumentárias da festa;
  • Realizar bimestralmente uma reunião mais longa, com a dispensa dos alunos, como a que foi realizada no dia hoje para a formação da equipe;
  • Estabelecer um líder de cada núcleo que tenha a responsabilidade de realizar a comunicação do grupo com os demais grupos e equipe;
  • Participação bimestral na reunião da equipe de direção da Oca.

ABRIL 2022

OCA na Esmeralda Becker Freire de Carvalho

Todas as quartas e sextas, dois grupos formados por 1 educador(a), 1 assistente pedagógica e 1 monitor(a), atendem os alunos de Fundamental I e II para vivenciarem no espaço da escola a dança e as brincadeiras, acompanhadas dos seus professores regulares. 

No mês de abril realizamos o desenvolvimento do seguinte repertório:

  • Roda de conversas sobre os povos indígenas, significado do nome Carapicuíba, nome da etnia que vivia nesta região, conscientização perante a violenta colonização do Brasil;
  • Roda de toré com a música “olha a onça” da etnia Kariri Xocó;
  • Repertório de brincadeiras: Corrida sem respirar dos índios Kalapalo; futebol de mão, corda (suco gelado, suco quente, açúcar refinado, mamãe mandou buscar areia no fundo do mar, cavalaria americana, um homem bateu em minha porta), jogo pare-bola, vôlei, futebol, chicotinho queimado e amarelinha.
  • Introdução do coco de roda, onde iniciamos a partir do som com as palmas, com o corpo e por fim transcrevendo essas batidas nos pés;
  • Alongamento a partir do ritmo Ijexá, trazendo a corporeidade da dança afro brasileira;
  • Passeamos pelo maracatu nação, onde brincamos com os movimentos com os braços e pernas;
  • Conversa sobre o cuidado com a escola e limpeza do ambiente para brincar.

Oficina de Rabeca

Realizadas nos dias 08 e 29 de abril, tivemos o início da oficina de rabeca com o Rafa da Rabeca. No mês de abril trouxemos para as crianças e adolescentes o processo completo de construção.  Entre as atividades que foram propostas estão:

  • Fabricação das Cravelhas;
  • Finalizamos a rabeca de bambu;
  • Entalhe do corpo da Caxeta.

MARÇO 2022

Esmeralda Becker Freire de Carvalho na OCA

Todas as quintas-feiras, os alunos do primeiro ano do Fundamental I vivenciam atividades de brincadeira e capoeira envolvendo as crianças, professores da escola e educadores da Oca Escola Cultural.

No mês de março realizamos o desenvolvimento do seguinte repertório:

  • Brincadeira “ Eu vi as 3 Meninas”, com apresentação da música e a forma de como brincar;
  • Capoeira: história da cabaça e do berimbau. Apresentação das movimentações e treino de “parada de mão e AU”.
  • Brincadeira “Seu Mourão da Cruz”, dividindo as crianças em dois grupos, apresentando como brincar de forma prática;
  • Atividades na biblioteca com contação de histórias e jogos de tabuleiro.
  • Repertório de brincadeiras: fantasias, areia, corda, bola, caixa de areia, casinha, tênis, entre outros.

OCA na Esmeralda Becker Freire de Carvalho

Todas as quartas e sextas, dois grupos formados por 1 educador(a), 1 assistente pedagógica e 1 monitor(a), atendem os alunos de Fundamental I e II para vivenciarem no espaço da escola a dança e as brincadeiras, acompanhadas dos seus professores regulares. 

No mês de março realizamos o desenvolvimento do seguinte repertório:

  • Roda de apresentação, apresentação da Oca e nossas atividades dentro e fora de nosso espaço físico; 
  • Levantamento das brincadeiras favoritas das crianças; 
  • Repertório de brincadeiras: Abalou do meio, 3 corte, Vôlei, 150, peteca, corda, amarelinha (“Maê, macaquinho e amarelinho”), futebol, bolinha de gude, 
  • Pequeno alongamento para despertar o corpo em diálogo com a musicalidade (base Maracatu)
  • Apresentação dos movimentos do maracatu; 
  • Apresentação da história do maracatu, seu significado, contexto e a importância dessa manifestação dentro da história do Brasil e do povo negro.

Oficina de Rabeca

Realizadas nos dias 11, 18 e 25 de março, tivemos o início da oficina de rabeca com o Rafa da Rabeca. No mês de março trouxemos a história da rabeca para aproximar as crianças e adolescentes do processo completo de construção.  Entre as atividades que foram propostas estão:

  • Introdução da Rabeca e de seus variados modelos;
  • História da primeira rabeca até os dias atuais;
  • Experimentação dos diversos modelos de rabeca;
  • Exibição de vídeo com os diversos contextos (Cavalo marinho, marujada, catira) em que a rabeca faz sua aparição e os diversos mestres da rabeca;
  • Apresentação dos componentes e detalhes do instrumento para construção;
  • Apresentação das possibilidades de materiais (Bambu, cabaça e caixeta) e ferramentas para a construção da rabeca;
  • Corte do material bruto e acabamento com lixa.

FEVEREIRO 2022

Capacitação para a equipe de educadores

Oficina para o desenvolvimento de competências de comunicação e escuta com o intuito de melhorar as dinâmicas internas, assim como as habilidades de relacionamento entre educadores, equipe de apoio, núcleo gesto e com nossos alunos(as). Essa oficina faz parte de uma agenda de atividades propostas, com base nas necessidades de desenvolvimento da equipe, proposta pela mesma no encerramento de 2021.

Esmeralda Becker Freire de Carvalho na OCA

No mês de fevereiro recebemos as crianças do primeiro ano do Ensino Fundamental I, com atividades de brincadeira e capoeira envolvendo as crianças, professores da escola e educadores da Oca Escola Cultural.

Lista de brincadeira e repertórios desenvolvidos:
• Brincadeiras de roda a partir do repertório do livro “Eu vi as três meninas” – publicação referente a pesquisa realizada por Lucilene Silva (Coordenadora do Centro de Cultura Infantil)
• Capoeira e Frevo: conectando a temática que permeia o calendário de festas tradicionais da Oca. O frevo vem como a manifestação do carnaval, acompanhado pela capoeira, que deu origem à dança.
• Brincadeira com acervo de fantasias
• Brincadeiras na caixa de areia
• Circuito de bolinha de gude
• Tênis
• Mesa de artes: desenho

Oca na Esmeralda Becker Freire de Carvalho

Em março, às quartas e sextas, dois grupos formados por 1 educador(a), 1 assistente pedagógica e 1 monitor(a), irão atender os alunos de Fundamental I e II para vivenciarem no espaço da escola danças brasileiras e brincadeiras, acompanhadas dos seus professores regulares. Os professores vivenciarão na prática uma ampliação de repertório e acesso à pesquisa sobre cultura brasileira e cultura da infância difundida pela Oca em seus 25 anos.

Abrimos o espaço em fevereiro para diálogo com a escola e reuniões de planejamento das atividades.

Chegada do Rafa da Rabeca

No mês de fevereiro, Rafa da Rabeca vem para compor a equipe responsável pelas atividades de artes e marcenaria. Com uma longa experiência na construção de instrumentos e nas artes visuais e oralidade com a poesia popular do Cordel, Rafa traz o projeto “Oficina de Rabeca” e oficinas de xilogravura para as crianças e adolescentes da Oca. Com essas atividades serão atendidos 80 alunos entre crianças e adolescentes semanalmente na Oca.
Rafa será responsável por planejar, executar, acompanhar e relatar atividades semanais de marcenaria e artes plásticas, que se concentrarão na pesquisa e construção de brinquedos e instrumentos da tradição brasileira, bem como no projeto Xilogravura e poesia popular.

Os comentários estão desativados.