Quem Somos

Localizada em um patrimônio histórico, Aldeia Jesuítica de 1580, a  OCA – Escola Cultural  foi criada em 1996 por um grupo de profissionais em busca de uma formação brasileira de crianças e jovens. Para tanto, desenvolve atividades com as crianças da Aldeia de Carapicuíba através de um repertório gestual, plástico, musical e literário da cultura brasileira, com objetivo de garantir às crianças e adolescentes da comunidade o direito ao desenvolvimento integral através da arte e da cultura brasileira como práticas que legitimem a consciência de si, do outro e da comunidade, valorizando a riqueza cultural desse lugar, habitado predominantemente por migrantes.

Desde que foi criada, vem catalogando histórias, gestos e tradições da comunidade e possibilitando o reencontro com suas raízes culturais através da música, dança, brincadeiras, capoeira, artes plásticas, artes manuais e literatura, como meios de informação e formação de crianças, adolescentes, jovens e adultos.

Em atividades diárias, atende em média 180 alunos diretamente e 1.000 indiretamente em programas de extensão do projeto em escolas públicas. Tendo como missão irradiar uma ação que deflagre em reflexões mais profundas sobre a presença da Arte e da Cultura Brasileira numa educação que realiza a construção de um SER consciente de si, do outro e do seu entorno, vem formando crianças e adolescentes e criando possibilidades de encaminhamento profissional de jovens nos programas de extensão do projeto.

MISSÃO

Promover o exercício de cidadania, desenvolvendo ações sócios culturais e educacionais para crianças, jovens e adultos da Aldeia de Carapicuíba e seu entorno, focadas no reconhecimento e conhecimento da Cultura Brasileira como práticas que legitimem a consciência de si, do outro e da comunidade.

VISÃO

Ser uma entidade que abrigando a Cultura Brasileira, Cultura da Infância, a Formação de Brincantes, se torne referência de práticas educacionais que ampliem o universo sócio cultural e educacional, registrando, atualizando, recriando e multiplicando.

 

Os comentários estão desativados.